Série "Vítimas da polarização e do esquecimento"

 

 

 

(Essa galeria faz parte da nova série do Interior Forte, que inspirada na série "Vítimas da polarização e do esquecimento" do site Toda Cancha, percorrerá por cidades que tradicionais clubes fecharam suas portas)

Leia a série do Toda Cancha em: www.todacancha.com

Foot Ball Club Riograndense (Rio Grande)

 

A quinta cidade visitada pelo Interior Forte na nova série sobre clubes que fecharam seus departamentos profissionais é Rio Grande.

 

O estádio visitado foi o Torquato Pontes, famoso Colosso do Trevo, casa do tradicional Foot Ball Club Riograndense. O Guri Teimoso de Rio Grande, fundado em 1909, tem entre suas principais conquistas o título de campeão gaúcho de 1939!

 

Ao adentrar as proximidades da cancha, a tristeza de ver o grandioso estádio completamente parado. Caminhando pelo gramado do Colosso do Trevo é possível sentir a garra daqueles que jogaram ali, e ao sentar nas suas arquibancadas, entender um pouco da saudade que com certeza seus torcedores sentem das partidas do Guri Teimoso. 

Cerâmica Atlético Clube (Gravataí)


O Cerâmica, clube de Gravataí com 64 anos, se profissionalizou em 2007, e esteve na primeira divisão do gauchão até 2013, quando foi rebaixado. Depois de disputar a Divisão de Acesso em 2014, anunciou que não participaria da edição de 2015. A informação que corre é que o clube voltará aos gramados na terceira divisão em 2016. Fica nossa esperança e torcida para que isso aconteça!

Clube 15 de Novembro (Campo Bom)

 

O 15 de Novembro, clube de Campo Bom fundado em 1911, não disputará a terceira divisão nesse 2015, campeonato que disputou em 2013 e 2014. O time alcançou suas maiores glórias quando foi vice-campeão do Gauchão em 2002, 2003 e 2005, além de chegar às semi-finais da Copa do Brasil em 2004. Torcemos para que a equipe volte ao futebol profissional em 2016!

Grêmio Esportivo Pedro

Osório (Tupanciretã)

Em Tupanciretã, ao parar e perguntar pelo estádio,

a resposta imediatamente será: "O Gepo?". De longe se ouve o trem, que passa rente aos muros da cancha, e com sua arquibancada de madeira, o local recebe a população que ainda se diverte e torce pelos clubes  que ali jogam, sonhando com o dia que a cidade voltará a protagonizar campeonatos oficiais.

Grêmio Foot-Ball Santanense, EC 14 de Julho e Armour F.C

(Santana do Livramento)

Outra cidade visitada pelo Interior Forte na nova série sobre clubes que fecharam seus departamentos profissionais é Santana do Livramento.

O 14 de Julho ainda disputou a terceira divisão do estadual em 2015, porém infelizmente se licenciou novamente do futebol profissional, se juntando aos grandes Armour e Grêmio Santanense.

Esta é Santana do Livramento, outra cidade do interior que respira futebol e não vê a hora de ver todos seus times novamente disputando grandes competições!

E.C. Guarany, Grêmio Riograndense F.C e 

E.C. Nacional. (Cruz Alta)

 

E a sexta cidade visitada pelo Interior Forte na série

sobre clubes que fecharam seus departamentos

profissionais é Cruz Alta.

 

Destacamos três clubes da cidade, ambos infelizmente

com seus departamentos profissionais fechados. 

 

E.C. Guarany. Fundado em 20 de setembro de 1913. Seu

estádio é a "Taba Índia". Suas cores azul e branco. 

 

Grêmio Riograndense F.C. Fundado em 30 de julho de

1929. Seu estádio é o "Silveira Borges". Cores, vermelho

e verde. 

 

E.C. Nacional. Fundado em 17 de março de 1941. Seu

Estádio é o "Morro dos Ventos Uivantes". As cores,

azul e amarelo.

 

Interior Forte / Contact (55) 99993-7578

  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black
  • Twitter preto básico
  • Flickr Basic Black
Grêmio Foot-Ball Santanense

Estádio Honório Nunes (Santana do Livramento)